Bem-vindo -
23/07/2020

Container climatizado é usado como sala móvel para exame de tomografia

O exame de tomografia computadorizada é considerado importante no diagnóstico de Covid-19 em pacientes sem sintomas. Estudos recentes, realizados em meio à pandemia de Covid-19, sugerem que o exame d

São Paulo - Estudos recentes, realizados em meio à pandemia de Covid-19, sugerem que o exame de tomografia computadorizada (TC) é importante na fase de triagem nos hospitais, porque ajuda a dimensionar o grau de inflamação pulmonar causada pelo coronarívus e, dessa forma, melhora a avaliação para internação em unidades de terapia intensiva.

Além disso, a TC indica se existe alguma inflamação nos pacientes sem sintomas da doença. A eficiência do diagnóstico de Covid-19, quando combinando avaliação clínica, teste de RT-PCR e exame de tomografia computadorizada, é atestada pelos médicos que estão na linha de frente do combate ao coronavírus. Essas indicações aumentaram significativamente o uso da TC nos exames para identificar o coronavírus, levando os órgãos de saúde dos governos a comprarem em regime de urgência equipamentos de tomografia para serem instalados em hospitais e outras unidades clínicas.

 

CONTAINER CLIMATIZADO

 

Os novos equipamentos de tomografia precisam ser instalados em salas especiais, e como em muitos  casos, não há espaço nos hospitais, a Mecalor desenvolveu um container climatizado para servir de sala de exame de tomografia computadorizada. 

A Secretaria Municipal de Saúde de Salvador (SMS) adquiriu da Mecalor, empresa de solução em engenharia térmica, um moderno container climatizado para tomógrafo com o objetivo de melhorar significativamente a capacidade de diagnóstico de Covid-19 do hospital de campanha instalado pela prefeitura na área do antigo Wet’n Wild (Paralela). O equipamento já foi entregue para autoridades de saúde do município e deve entrar em funcionamento até o final do mês de julho.

O container climatizado para tomógrafo é um novo produto da Mecalor para o segmento hospitalar, com o propósito de desafogar a área de exames médicos,  saturada com alta demanda provocada pela pandemia de Covid-19. A tomografia é hoje muito utilizada como exame complementar importante, realizado para identificar e monitorar a evolução da inflamação provocada pelo coronavírus no sistema respiratório.

Completamente customizado para funcionar como sala independente de exames, o container recebeu um climatizador  de precisão, que purifica e descontamina o ar ambiente, matando qualquer tipo de microrganismo, inclusive o coronavírus. “O nosso maior diferencial é a experiência que temos na climatização de ambientes de temperatura instável, com controle da qualidade do ar. Esse know-how, garante uma área livre de vírus dentro do container”, explicou Carla Rezende, healthcare sales da Mecalor.

 

CLIMATIZAÇÃO

Após ter vencido concorrência da SMS, a Mecalor construiu o equipamento em tempo recorde. Além de cumprir com as especificações técnicas exigidas pelo edital; como a blindagem radiológica, os engenheiros e técnicos inovaram o projeto original e instalaram um Climatizador de Precisão Hospitalar (CPH), que mantém a pressão negativa na sala e aumenta a capacidade de renovação do ar interno, de forma a conservá-lo limpo com mais frequência, diferentemente dos equipamentos tradicionais de ar-condicionado.

Para garantir ainda mais eficiência ao processo de descontaminação, uma lâmpada ultravioleta (UVC) foi acoplada ao duto do sistema de climatização, eliminando todo tipo de microrganismo na saída e entrada de ar. “Aumentamos o nível de filtragem do CPH do container, com filtros mais finos. É um equipamento de ponta, que mantém o ambiente interno climatizado, sem umidade”, afirmou o engenheiro Vinicius Teixeira Rodrigues, coordenador responsável pelo projeto da SMS.

O CPH tem a função de, por um lado, retirar e tratar o ar da sala e jogá-lo limpo no ambiente externo. E, por outro, insuflar o ar externo na sala, mantendo com precisão a temperatura interna.  “Há ainda na mesa do paciente um exaustor que também puxa o ar, que passa pelas lâmpadas ultravioletas, e sai limpo para a atmosfera”, completou o engenheiro.

“Entregamos o container com todo o sistema de segurança e mobília para uso dos exames”, ressaltou Carla Rezende. Segundo ela, o equipamento é adaptado para receber as principais marcas de tomógrafo do mercado. “Podemos trabalhar com todos os grandes fabricantes de tomógrafos”, afirmou. No caso da Secretaria de Saúde de Salvador, a Philips venceu o edital do tomógrafo.

O equipamento pode ser transportado para uso em outras regiões e deve ser muito utilizado, mesmo depois da pandemia. O container climatizado para tomografia da Mecalor vem com blindagem radiológica, sistema de prevenção contra incêndios, detectores de fumaça, sinalizador manual, central de alarme contra incêndio, acesso especial para macas e cadeiras de roda, plataforma metálica para a entrada do tomógrafo e toldo nas laterais para dias de chuva.



Website: http://www.mecalor.com.br
Compartilhe!
Deixe seu comentário

Veja
Também

Marília Urgente - Sua Notícia em Marília
© Copyright 2019 Marília Urgente - Sua Notícia em Marília. Todos os direitos reservados.