Bem-vindo -
04/02/2021

Covas estende Renda Básica, mas ainda deve a 18 mil famílias

Prefeito quer prorrogar benefício por mais três meses
O prefeito de São Paulo Bruno Covas (PSDB) irá propor na Câmara de Vereadores a extensão do pagamento da Renda Básica Emergencial por mais três meses. O benefício tem valor de R$ 100 por parcela.

Covas precisa de 28 votos favoráveis na Câmara para tornar a medida um projeto de lei (PL) – o que deve acontecer nesta quinta-feira (4).

 

O benefício é pago por cada pessoa da família que esteja cadastrada no programa federal de assistência. Isto significa que se um titular tem cinco pessoas cadastradas, o auxílio de R$ 100 será multiplicado por cinco, totalizando R$ 500 por parcela.

No entanto, a capital paulista ainda está devendo o auxílio para 18 mil famílias que não receberam a quantia programada para cair até 31 de dezembro.

A Prefeitura de São Paulo afirmou não ter uma previsão da data de quando benefício atrasado irá cair e disse que aguarda um posicionamento da Caixa Econômica Federal, responsável pelo repasse dos benefícios.

 
 
Compartilhe!
Deixe seu comentário

Veja
Também

Marília Urgente - Sua Notícia em Marília
© Copyright 2019 Marília Urgente - Sua Notícia em Marília. Todos os direitos reservados.