Bem-vindo -
14/03/2024

Marília supera países Europeus em saneamento básico

Marília à frente de nações com longa tradição em saneamento básico, incluindo a Holanda, que apresenta um índice de 97,30%, seguindo-se por Alemanha com 97% e Espanha com 96%.

Marília, a cidade paulista conhecida por sua pujança agrícola, industrial e tecnológica, agora alcança um novo marco que coloca seu nome em destaque não apenas no Brasil, mas também no cenário internacional. De acordo com dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), baseados no Censo de 2022, a cidade ostenta um índice de tratamento de esgoto que ultrapassa o de países desenvolvidos como Suécia, Itália, Espanha, Dinamarca, Alemanha, entre outros, com 97,54% das residências atendidas por este serviço essencial.

Este avanço significativo coloca Marília à frente de nações com longa tradição em saneamento básico, incluindo a Holanda, que apresenta um índice de 97,30%, seguindo-se por Alemanha com 97% e Espanha com 96%. Um feito notável que não apenas eleva o padrão de vida local mas também destaca a cidade como um exemplo a ser seguido em termos de políticas públicas voltadas para o saneamento básico.

Especialistas confirmam

Para entender melhor o impacto desses números, conversamos com Dr. Luiz Fernando Costa, especialista em saneamento e saúde pública. "O saneamento básico é fundamental para prevenir doenças de veiculação hídrica, como hepatite A, febre tifoide e cólera, que podem ser devastadoras para a população. Além disso, um sistema de esgoto eficiente reduz significativamente a poluição dos cursos d'água, beneficiando o meio ambiente como um todo," explica Costa.

O especialista também destaca a importância desse avanço para o desenvolvimento sustentável da cidade. "Com um serviço de saneamento básico eficiente, Marília assegura não apenas a saúde de seus habitantes mas também atrai investimentos, melhorando a qualidade de vida e promovendo um desenvolvimento mais sustentável."

Marília em desenvolvimento

Sob a gestão do prefeito Daniel Alonso, Marília viu a construção de três novas estações de tratamento de esgoto, um investimento de cerca de 100 milhões de reais destinado a universalizar o acesso ao saneamento básico na cidade. "Investir em saneamento é investir na saúde da nossa gente. Com as novas estações, garantimos que Marília não apenas atenda às necessidades atuais de sua população mas também se prepare para o futuro, promovendo um ambiente saudável para as próximas gerações," afirma o prefeito.

Alonso ressalta a importância dessa conquista para sua gestão. "Alcançar um índice de saneamento que nos coloca à frente de muitos países desenvolvidos é uma grande honra e demonstra o comprometimento de nossa administração com a saúde pública e o bem-estar da nossa população. É uma conquista que todos os marilienses podem celebrar."

Marília, Um Exemplo de Desenvolvimento Sustentável

O sucesso de Marília no avanço do saneamento básico é um exemplo palpável de como políticas públicas focadas na saúde e no bem-estar podem transformar uma cidade, trazendo não apenas benefícios imediatos para a população mas também posicionando-a como um modelo de desenvolvimento sustentável. A gestão de Daniel Alonso, com sua visão de futuro e investimento substancial no setor, coloca Marília no mapa global como um exemplo a ser seguido, mostrando que é possível alcançar padrões de qualidade de vida comparáveis aos dos países mais desenvolvidos do mundo.

Compartilhe!
Deixe seu comentário

Veja
Também

Marília Urgente - Sua Notícia em Marília e Região
© Copyright 2019 Marília Urgente - Sua Notícia em Marília e Região. Todos os direitos reservados.