Bem-vindo -
11/06/2021

Santa Casa de Marília adere a campanha nacional para prevenção de queimaduras

A UTQ (Unidade de Tratamento de Queimados) da Santa Casa de Marília aderiu ao Junho Laranja, mês de conscientização sobre medidas preventivas para a redução de acidentes com queimaduras.

Além de orientações passadas pelos profissionais da unidade a pacientes e comunidade interna, neste mês de junho a fachada do prédio da Santa Casa de Marília ganha a iluminação da cor laranja.

De acordo com a SBQ (Sociedade Brasileira de Queimaduras), em todo o País são cerca de 150 mil internações por ano em decorrência de queimaduras. As crianças representam 30% desse número. O médico da UTQ da Santa Casa de Marília, João Evaristo Puzzi Bono, destacou que este ano o foco da campanha compreende os cuidados com o álcool.

“Há uma preocupação especial, em época de pandemia, com o álcool em gel utilizado para desinfecção, principalmente das mãos. É uma substância que deve ser utilizada com cuidado, haja visto seu potencial perigoso. As pessoas precisam ter consciência que é um produto altamente inflamável e que é preciso deixá-lo longe das crianças, bem como não colocá-lo em contato com mucosas e olhos”.

Muitas queimaduras pelo corpo acontecem em ambiente doméstico. Conhecendo a causa e estabelecendo políticas corretas, com educação, campanhas que promovam cuidado, a SBQ pretende diminuir o número de acidentes dedicando um mês inteiro para apontar caminhos que ajudem as pessoas a ficarem mais atentas para evitar acidentes.

“Em tempos de pandemia, temos percebido a chegada de crianças com queimaduras provocadas a partir do álcool em gel. Isso porque elas acham o fogo da cor azul bonito e tivemos caso até mesmo de criança que passou álcool em gel no corpo e colocou fogo achando que não aconteceria nada”, destacou a enfermeira da UTQ da Santa Casa de Marília, Rubiana Konkiewitz.

Queimaduras são feridas traumáticas causadas, na maioria das vezes, por agentes térmicos, químicos, elétricos ou radioativos. Atuam nos tecidos de revestimento do corpo humano, determinando destruição parcial ou total da pele e seus anexos, podendo atingir camadas mais profundas, como tecido celular subcutâneo, músculos, tendões e ossos.
Compartilhe!
Deixe seu comentário

Veja
Também

Marília Urgente - Sua Notícia em Marília
© Copyright 2019 Marília Urgente - Sua Notícia em Marília. Todos os direitos reservados.